sexta-feira, agosto 20

Lula ironiza FHC e ressalta que fez mais pelo ensino superior

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ironizou seu antecessor, o ex-presidente Fernando Henrique, em seu discurso nesta sexta-feira (20), durante a inauguração da expansão de um campus da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) em Sorocaba. Sem citar nomes, o presidente disse que, caso seu governo fosse um fracasso, ficaria provado que "só gente refinada" como grandes professores poderiam ocupar o cargo. Fernando Henrique é professor titular aposentado da USP (Universidade de São Paulo).

"Se eu fracassar, nunca mais um trabalhador vai ter o direito de dizer que quer ser presidente da República. Vão dizer que ser presidente é cargo para gente refinada [...], cargo para grandes professores, grandes advogados, trabalhador nunca".

O presidente afirmou ainda que muitos governantes e candidatos nunca se preocuparam em conhecer o Brasil."Tem candidato que não sabe o nome das pessoas que estão em cima do palanque com ele, que não sabe o nome dos outros [políticos] que o apóiam".

O marco regulatório das telecomunicações, que inclui as concessões de TV, também foi criticado pelo governante, que se disse favorável à mudança da lei, de 1962. O presidente enfatizou a hegemonia das emissoras e da programação televisiva do Rio de Janeiro e de São Paulo sobre outros Estados, como Acre e Amazonas.

Ensino superior

Lula enfatizou que a UFSCar, assim como outras universidades federais, passou por uma grande expansão durante seu governo com o programa Reuni. A instituição saltou de 37 para 57 cursos de graduação no ano passado, e atingiu a marca de 10 mil alunos em 2010. A previsão para 2012 é alcançar 13 mil estudantes.

O presidente ressaltou que a expansão aconteceu mesmo com a oposição de grupos universitários, que ocuparam reitorias em várias faculdades pelo país, inclusive na UFSCar, entre 2007 e 2009, anos de implantação do projeto.
"Quebraram várias reitorias desse país, mas os reitores foram corajosos e levaram os projetos adiante".

A inauguração ocorrida nesta sexta vai levar mais 14 salas de aula, 30 laboratórios e outros itens de infraestrutura para o campus da universidade em Sorocaba. Atualmente, são 620 estudantes espalhados entre 14 cursos de graduação nesse campus. A previsão da UFSCar, com a expansão, é que o número de universitários chegue a 2.600 no ano que vem.

Simultaneamente à cerimônia do campus em Sorocaba, o ministro da Educação, Fernando Haddad, participou do evento de entrega da expansão de outro campus de universidade federal, a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), em Curitibanos, no interior do Estado catarinense. A instituição abriga, atualmente, 180 universitários. O governo federal investiu R$ 7,4 milhões no projeto universitário de Santa Catarina.

Fonte: Vermelho

Leia o Discurso Feito Pelo Presidente Lula

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=135445&id_secao=1

Nenhum comentário:

Postar um comentário