sexta-feira, setembro 17

Semana Nacional da Juventude contra os golpistas

Militância sai às ruas para mostrar que o Brasil quer continuar andando para frente com Dilma na presidência.

A partir do twittaço desta sexta-feira, 17 de setembro, com a hashtag #GaleradaDilma bombando no Twitter, e até o dia 24 de setembro, a juventude brasileira se une em prol da candidatura de Dilma Rousseff em todo o país na Semana Nacional da Juventude. Saindo às ruas com bandeiraços, panfletagens, apitaços e caminhadas, escrevendo textos com informações propositivas que esclareçam o eleitor, publicando vídeos na internet ou promovendo plenárias tanto na internet quanto ao lado dos amigos, vale tudo para mostrar que o Brasil quer continuar crescendo e que não aceita golpes contra a democracia.

Diversas atividades já estão programadas nas principais cidades do país, mas qualquer um pode se mobilizar junto a sua comunidade e engrossar a #ondavermelha . O site Galera da Dilma, que agrega as juventudes partidárias que apóiam a petista, está concentrando a divulgação dos atos no e-mail galeradadilma@gmail.comEste endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. e também disponibilizou materiais para download. O site traz, ainda, recomendações para a militância e conta com diversos vídeos que mostram o apoio maciço dos brasileiros ao movimento.

A UJS, como de praxe, vai fazer seu barulho e aproveita para comemorar o 26º aniversário da entidade durante a Semana Nacional da Juventude. A contagem regressiva para o grande dia (22 de setembro) já começou, pois teremos uma agenda recheada de atividades.

Ato contra o golpe midiático – O Centro de Estudos Barão de Itararé promove no próximo dia 23 de setembro, às 19h, em São Paulo, um ato em repúdio às baixarias e ao golpe midiático levados a cabo pela oposição nessas eleições. Centrais sindicais, movimentos sociais, partidos e personalidades irão se reunir no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo para protestar contra o denuncismo que tomou conta da agenda eleitoral. Mais informações no Escrevinhador, do jornalista Rodrigo Vianna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário